Entre pro time

Grêmio

Sobre a saída do Caio Henrique do Grêmio

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

Caio Henrique está com os dias contatos em Porto Alegre. Isso porque a direção gremista confirma que o Atlético de Madrid solicitou o retorno do jogador para a Espanha. Eles ainda não oficializaram o pedido, mas já mandaram avisar que querem o atleta. Diego Simeone quer ele porque, hoje, eles só tem o Renan Lodi, ex-Atlhetico, como ala pra esquerda por lá.

E ai vem algumas informações importantes. Primeiro que, no contrato, o Atlético pode pedir ele de volta se tiver uma proposta para vendê-lo. Neste caso, o Grêmio teria que cobrir a proposta ou entregá-lo.

O problema é que o empréstimo do Caio Henrique custaria 500 mil euros (R$ 3 milhões) aos cofres do Grêmio. Porém, com a parada, a direção não conseguiu depositar o valor da primeira parcela de 250 mil euros e tinha combinado com os dirigentes do Atleti que só pagaria essa primeira prestação em agosto.


Bom, diante da mudança, é claro que o Grêmio não tem muito o que debater, né. O clube também não fez a sua parte.

Fora isso, Caio Henrique tem salário alto, ele ganha em euros porque é tabelado com o que ganhava na Espanha. É coisa de 100 mil euros. E isso, hoje, virou muita grana.

A saída dele reduziria R$ 3 milhões de gasto e mais um salário alto mensalmente. Por outro lado, Renato voltaria a ter Cortez como titular e só Guilherme Guedes, da base, na reserva.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque