Entre pro time

Grêmio

Romildo fala o que de fato foi tentado na negociação do Cavani

Publicado

em

Divulgação

O presidente Romildo falou com a Rádio Bandeirantes, de São Paulo, sobre Cavani. E ele começou respondendo que isso virou uma espécie de “loucurada” geral.

Confirmou que o Grêmio teve uma conversa, a muito tempo atrás, com seu representante para entender o que ele estava pensando no momento em que se desligou do PSG.

E a resposta que o Grêmio recebeu é que ele estava aguardando algumas situações na Europa. Propostas de Juventus, Atlético de Madrid e até do Benfica, na época. Diante disso, eles combinaram que o jogador iria analisar suas propostas e, se fosse seu desejo voltar pra América, o Grêmio iria tentar compor um negócio para contrata-lo.


Só que Romildo garante que não teve contatos após isso. A conversa inicial foi quando ele encerrou seu contrato com o PSG e foi com seu representante, não com o jogador.

E o presidente garante que não tem o contato do Cavani, não ligou nem conversou com o jogador. Só com o irmão e empresário dele. 

Mas desde que o jornalista argentino deu a notícia que havia um acerto ele não consegue mais nem entrar no celular de tantas mensagens que recebe.

Mesmo assim, explica que não há nenhum acerto ou negociação em andamento. Cavani primeiro terá que ver sua vida na Europa.

Importante, Romildo deixa claro que se algum dia ele vier, será num patamar de futebol sul-americano. O Grêmio não vai fazer nenhuma loucura. Ele cogita ir atrás de parceiros, investidores, mas jamais prometer salário que não tem como bancar.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque