Entre pro time

Grêmio

Renato fez duras criticas na sua entrevista coletiva

Publicado

em


Um resumo do que Renato disse após o jogo contra o São Luiz, na Arena:

  • Renato começou alertando que quem trabalha com futebol não está imune ao vírus é que as autoridades precisam parar o futebol. Não tem que jogar. Ele sugeriu, inclusive, que os profissionais se acertem e façam greve para não jogar se as autoridades não pararem. Disse que bastam alguns telefonemas e os jogadores se unem para isso.
  • Everton é Matheus foram pedir pra jogar. E Renato perguntou: “mas vocês vão correr ou andar em campo?” Ambos garantiram que entrariam ligados.
  • Renato admitiu que o Everton não tá 100%. Não tá na sua melhor fase. Mesmo assim, é o Everton e em uma jogada pode mostrar ser diferente. Por isso, vai ficar no time.
  • A repórter da tv contou que foi possível ouvir a dura que ele deu nos jogadores na parada técnica do primeiro tempo. Ele falou que tá cansado de ajudar os boleiros e que era uma vergonha o que tava acontecendo. E Renato explicou que isso é normal. Ele elogia muito, mas também cobra muito. Não dava pra achar que tá tudo certo.
  • Contou que não começou com o Jean porque todos estariam a 100km/h e ele entraria a 70km/h.
  • Renato admitiu que o Thiago Neves ainda não tá bem. Não tem como negar isso.
  • Diego Souza tá toda hora brincando com ele que marcou mais um gol e o Renato devolve dizendo que ele foi contratado pra isso, é pago para isso, tem que fazer gols.
  • Mesmo assim, mesmo sem nenhum repórter perguntar, Renato foi dizendo que eles tão perdendo muitos gols. Gols que não poderiam perder.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque