Entre pro time

Grêmio

Os motivos da demissão de Roger no Palmeiras

Publicado

em

Cesar Grego/Palmeiras

Roger Machado deixou o Palmeiras porque a direção tinha a convicção que o time não jogaria mais do que estava jogando. Acreditam que o ex-gremista não faria nada além do que já tinha feito.

E, sim, os dirigentes paulistas acreditam que tem um time e um elenco que precisa “gastar a bola”. Os caras tem que jogar muito, dar espetáculo, vencer jogos. Campanhas normais não agradam os palmeirenses.

O jornalista Jorge Nicola falou com uma pessoa importante do Palmeiras que lhe disse:


  • “Basicamente, o time não anda.”
  • “Percebemos que, com o Roger, o time não iria longe.”

Soma-se a isso as entrevistas do ex-lateral do Grêmio onde ele não admitia que o Palmeiras deveria jogar melhor. Falava até que via evolução. Isso irritou o presidente e ele caiu.

Roger vai embora com 68,1% de aproveitamento no Palmeiras. Apenas como comparação, teve 59,13% de aproveitamento no Grêmio. E foi Roger quem pediu para sair aqui. Não foi demitido.

Cabe pensar se a decisão foi acertada ou não. Eu não demitiria!

Facebook Comments

17 comentários

17 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque