Entre pro time

Grêmio

O que o Grêmio fez para amassar o Inter no Gre-Nal da Arena

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

  • Luciano tem sido o diferencial deste time. Ele que ele tenha sido o melhor em campo, mas seguramente é o cara que mudou a cara desta nova formação gremista. Pelo fato de brigar lá na frente, tentar as jogadas, ser o atacante de referência que faltava e ainda trocar os passes que a maneira de jogar do Tricolor pede.
  • Tardelli também fez bom jogo. Acho que o negócio dele tem que ser este mesmo. Jogar atrás do centroavante. Não é nem o camisa 9 que o Renato queria e nem o ponta que a gente se acostumou a ver. É o meia-atacante que organiza e faz gol. Problema que essa é a função do Luan e, principalmente, do Jean Pyerre. Quando não tem eles, o Tardelli aparece. Correu pra caramba.
  • Pepê entrou bem de novo. Numa jogada conseguiu dar assistência para o gol.
  • Geromel foi bem demais lá atrás. Seja na marcação, o que é normal, mas fazendo o gol de cabeça de maneira inteligente. Ele ficava lá atrás e vinha correndo de surpresa. Fez isso mais de uma vez. Foi premiado com o gol.
  • Agora, o melhor em campo de azul, preto e branco foi Matheus Henrique. Ele é o Arthur com mais força física. O cara tá em todas as partes do campo, toca, recebe, aparece, domina o meio-campo, dá assistência e até abre pra chutar quando aparece a chance. Essa até é uma diferença dele para o Arthur. Além de todas as qualidades, o cara ainda arrisca seus chutes potentes. Estamos diante de outro meia de nível europeu na Arena. Temos que aproveitar. É jogador para encher os olhos.

Luciano é um dos responsáveis pela melhora do ataque – Lucas Uebel/Grêmio

  • Paulo Victor não pode ter avaliação. Não jogou. Por mérito do Grêmio (e demérito dos problemas do Inter), mas é um fato que a superioridade gremista foi tão grande que o PV ficou só olhando.
  • Renato e sua tradicional estrela. Eu não colocaria o Rômulo. Creio que quase ninguém faria isso. Todos íamos optar pelo Darlan, que é mais parecido com o Maicon. Ele foi de Rômulo e foi presenteado com um golaço por cobertura. Isso é a cara do Renato.
  • Maicon é uma má notícia. Ele foi bem no tempo que jogou, mas estava desde o primeiro tempo sentindo. Os problemas físicos dele estão bastante grandes. Ano passado era o tornozelo, agora é o joelho.
  • A partida foi o retrato da distância que existe entre Grêmio x Inter nos últimos jogos. O Inter perdeu a Copa do Brasil e desmoronou, o Grêmio foi eliminado e engatou três vitórias consecutivas. Isso mostra qual trabalho tem consistência, é sólido, que as coisas não acontecem por acaso.
  • O Grêmio segue como o quinto colocado e a dois pontos do São Paulo. E o próximo adversário é o CSA, na Arena. Uma grande chance para entrar no G4.

 


Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque