Entre pro time

Grêmio

Grêmio se protegerá por lesões em contrato, provável data da estreia e as propostas recusadas por Douglas Costa

Publicado

em

Divulgação

  • Douglas Costa não joga há três meses, desde a metade de fevereiro, quando atuou por 15 minutos na final do Mundial de Clubes. Após isso, teve uma fissura no pé em treinamento pelo Bayern, mas seu tratamento foi finalizado na Alemanha. Fechando a contratação, Douglas precisaria passar apenas pelo recondicionamento físico tradicional para jogar.
  • A janela fecha dia 23 deste mês de maio e o Grêmio estreia no Brasileirão dia 30, contra o Ceará. Se quiser, ele pode jogar na abertura do Brasileiro. Gauchão já passou e Sul-Americana só a partir das oitavas que poderá ser inscrito.
  • Importante destacar que, apesar das muitas lesões, são nove nos últimos três anos, Douglas sempre foi muito profissional. Ele é muito focado e paga preparadores físicos brasileiros que lhe auxiliavam no reforço muscular em seu período na Europa.
  • Mesmo assim, é um fato que o problema existia. E o que eu sei, via direção, é que o contrato prevê uma cláusula em caso de lesão. Ninguém abre como é essa “proteção” que o Grêmio está acertando com ele, mas existe sim algo bem específico por conta destas muitas lesões recentes.
  • O salário de R$ 1,5 milhão será o maior da história do Grêmio. Ao todo, vai ganhar 3 milhões de euros aqui. E isso quer dizer que Douglas está abrindo mão da metade do que tinha para receber na Juventus, onde ganhava 6 milhões de euros. Além disso, recusou propostas do Catar, onde ganharia quase R$ 4 milhões mensais, e do Atlético de Madrid, onde receberia quase de R$ 2,5 milhões por mês e seguiria na vitrine da Europa.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque