Entre pro time

Grêmio

Grêmio salvou um negócio, mas vendeu Kauan Kelvin por pouco dinheiro para o Braga, de Portugal

Publicado

em

Rodrigo Fatturi/Grêmio

O Grêmio acaba de fechar a venda do atacante Kauan Kelvin, 18 anos, para o Braga, de Portugal, por 1 milhão de euros. Como tem 70% do jogador, o Tricolor acertou que irá ficar com R$ 4 milhões no negócio. Essa foi a venda dele.

Mesmo que, obviamente, não seja um bom acordo, essa foi a única maneira de salvar uma situação que estava bem complicada para o Grêmio. Isso porque Kauan tinha proposta do clube português há muito tempo e não estava facilitando em nada a renovação. Seu contrato acabaria na virada do ano que vem e ele poderia assinar um pré-contrato no próximo mês.

Diante disso, a melhor saída encontrada pelos dirigentes foi sentar com o Braga e negociar algum valor. Conseguiram este 1 milhão de euros, que para a conta do clube sobrarão os R$ 4 milhões.

Penso ser importante colocar aqui o contexto da história sobre o Kauan Kelvin. Ele era sim uma das grandes promessas da base, mas fez apenas dois jogos no profissional, foi procurado pelo Braga e sua renovação não aconteceu porque ele, tendo proposta, queria ganhar um salário considerado muito alto pelos dirigentes.

Em resumo, pediu três anos de contrato, com este modelo salarial:

  • R$ 120 mil no primeiro ano
  • R$ 140 mil no segundo ano
  • R$ 160 mil no terceiro ano

A diretoria não concorda com estes valores. Acha muito para um atleta que nem sequer esta fixado no plantel do Renato. E, como o guri não abria mão dos valores justamente por ter a proposta de fora, a saída foi conversar com o Braga e alinhar uma melhor negociação. Salvar algum valor. Foi o que fizeram.

Facebook Comments
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque