Entre pro time

Grêmio

Grêmio merecia vitória, quedas de desempenho, treinos no sintético e acordos com Maicon

Publicado

em

Reprodução

Resumo da coletiva do Renato após o empate com o Palmeiras:

  • Foram dois tempos distintos, o Palmeiras envolveu na primeira etapa e o Grêmio envolveu eles no segundo. Acredita que, pelo que fez no segundo tempo, o Grêmio merecia ter vendido.
  • As contas que faz com seu grupo é que eles encostaram mais um ponto do líder do campeonato. Falou duas vezes que foram dois pontos conquistados em dois jogos fora de casa.
  • Sua ideia é ter o Jean Pyerre como meia, jogando perto do Diego Souza. Só que ele é muito marcado e, tem vezes, que pede pro Jean recuar pra vir buscar a bola e não “aceitar” a marcação. Por isso que ele recuou o Jean e adiantou o Thaciano no segundo tempo.
  • Mais de uma vez, Renato falou que Jean não pode aceitar a marcação, como aceitou no primeiro tempo. Não pode ficar preso na marcação.
  • E sobre a queda de desempenho do Pepê e do Jean, disse que não tem como jogar 80 partidas no ano e todas elas bem. É normal ter queda de produção. Tem certeza que ambos vão voltar a jogar o que sabem nesta reta final.
  • O Palmeiras tem vantagem em jogar no gramado sintético. Foi a primeira vez que eles jogaram naquele gramado e sentiram. Tanto, que Renato pretende falar com o presidente do São José para ir fazer alguns treinamentos lá antes da final.
  • Não quis passar detalhes sobre a condição física para não dar armas pro adversário. Contou que tem conversado dia a dia com ele para dar um treinamento e tratamento diferente pra ele. Maicon é importante e sabe disso, mas tem jogos e jogos, alguns vai começar e outro ficará no banco. Os dois se entendem.
  • Matheus levou uma batida na panturrilha. Ela inchou. É algo normal. Não foi fisgada ou lesão muscular.
  • Garantiu saber qual foi o problema do primeiro tempo e, na próxima segunda-feira, vai treinar isso no treino tático para corrigir.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque