Entre pro time

Grêmio

Contestações internas por contratação, reforços prometidos e sonho por Jean Pyerre motivado

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

  • Em entrevista aqui na Rádio Bandeirantes, Cláudio Oderich, vice-presidente do Grêmio, confirmou que ele chegou a contestar internamente a contratação do Thiago Santos por conta do discurso de rejuvenescer o plantel. Rafinha e Thiago estão fora deste discurso. Mesmo assim, lembrou que 60% dos inscritos no Gauchão são da base. De 38 nomes, 23 são da base e nove atletas tem menos de 20 anos. Então, há uma mudança. Até porque nomes como Robinho, Júlio César e Vanderlei saíram e outros como Everton, Victor Ferraz e David Braz estão de saída e nem inscritos no Gauchão estão.
  • Desde o ano passado, a direção procura um primeiro volante clássico e não consegue. Vários outros nomes foram tentados e não foi possível contratar. Agora, conseguiram. Acha que, se tivesse um camisa cinco no Gre-Nal do Beira-Rio, por exemplo, o Grêmio não teria perdido aquela partida nos últimos minutos.
  • Confirmou que eles deram um passo atrás nas negociações nos últimos dias e que os reforços irão vir apenas após a definição da classificação ou não na Libertadores. São 3 milhões de dólares (R$ 17 milhões) pela vaga na fase de grupos. Isso muda o tamanho do investimento. Mesmo assim, o vice-presidente pediu para a torcida ficar tranquila que irão vir grandes reforços passando ou não para a próxima fase. Só que, claro, com mais dinheiro fica mais fácil.
  • Ele confirma que houve tentativas de outras equipes querendo o Jean Pyerre, mas a direção não vai negociar ele. Acreditam que, assim que voltar da nova lesão, o Jean vai retomar seu futebol, até porque tem Olimpíadas na metade do ano e com certeza ele vai querer fazer parte da Seleção nos Jogos Olímpicos. Isso fará o Jean Pyerre jogar em alto nível.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque