Entre pro time

Inter

Vergonha no Rio, bronca com Gaciba e pedido de desculpas do Guerrero

Publicado

em

Reprodução

  • Melo começou a coletiva dizendo que não daria boa noite porque não era uma boa noite.
  • Disse que foi uma vergonha o que aconteceu no Rio, que o Flamengo não precisa disso. O que o juiz fez, no mínimo, margem para desconfiança.
  • Desceu a lenha no Gaciba, comandante da arbitragem, que visita os clubes, faz palestras, “se exibe” e chega no jogo as coisas acontecem diferente. Contou que, enquanto o Gaciba estiver no comando, o Inter não visita a CBF para falar de arbitragem.
  • O dirigente ficou na bronca que o árbitro sequer foi na cabine do VAR para ver o pênalti que o Guerrero sofreu.
  • Falou repetidas vezes que chamaria a arbitragem de vergonha porque ele não poderia falar o que pensa sobre o que aconteceu.
  • Guerrero pediu desculpas no vestiário pela expulsão, sabe que acabou comprometendo. A direção pensa que não tem como justificar o que ele fez, mas também entende que o juiz acabou tirando o time do sério com suas não marcações de faltas e o peruano explodiu.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque