Entre pro time

Inter

Sem taça para o Inter, segredo da arrancada, erro diagnosticado, esperança com Abel e Flamengo reclamou

Publicado

em


  • Independente da vitória do Inter no Maracanã, os jogadores não irão receber a taça e nem as medalhas da CBF. Motivo? A entidade está optando por entregar a taça na rodada seguinte a conquista da competição. Foi assim com o Palmeiras, em 2018, e com o Flamengo, em 2019. Se o título for decidido na última rodada, a CBF já tem um plano. Mandou fazer duas taças. Uma vai pro Morumbi e outra pro Beira-Rio, já que o Inter pega o Corinthians em casa e o Flamengo o São Paulo, fora.
  • Na entrevista que deu pra gente no Donos da Bola, João Patrício Hermann lembrou que a direção assumiu o time na quarta colocação do Brasileiro e a nove pontos do líder. Conseguiram trazer paz para o ambiente político, acalmaram as coisas no clube e tudo começou a dar certo.
  • Mais, o vice de futebol confirmou que o aprendizado da partida contra o Sport foi que os jogadores entraram pilhados demais em campo. Isso mostrou também que não era um campeonato tão fácil como vinham falando.

  • Na Rádio Grenal, o presidente Alessandro Barcellos falou o seguinte sobre Abel: “O Abel é treinador do Internacional e pode continuar sendo”.
  • No Jogo Aberto, pra Renata Fan, o presidente falou o seguinte: “O Internacional não tem compromisso com nenhum outro treinador, o compromisso do Internacional é com o Abel Braga, que isso fique bem claro”.
  • No Rio, o Flamengo enviou um ofício para a CBF alertando sobre a arbitragem. Disseram ser inaceitável o problema técnico que aconteceu no VAR em São Januário, acham estranho o Inter, que foi beneficiado reclamar, e pediram para o Gaciba não manchar o campeonato Brasileiro. Enfim, reclamações tradicionais que todos os clubes fazem.

Assim como o Inter, Flamengo também fez sua reclamação de arbitragem – Reprodução

  • Na concentração colorada, o vice João Patrício falou que o Flamengo se manifestou de uma forma muito parecida como o Inter se manifestou. Protocolar. O Inter não tem nenhuma preocupação quanto a questão jurídica.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque