Entre pro time

Inter

Primeiro Inter do Abel cometeu os erros de Coudet, sem as virtudes dele! E derrota foi pequena!

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

  • O primeiro tempo do Inter foi de um time que não sabia se jogava como Coudet ou como Abel Braga. Resultado? Foi engolido pelo América-MG.
  • O time cometeu os mesmos erros dos tempos de Coudet, nos jogos contra Corinthians, Coritiba, Atlético-GO, entre outros. A bola aérea vazando e posse de bola improdutiva na defesa, mas não teve nenhuma das boas virtudes do Coudet, que era intensidade e agressividade pra roubar bolas e marcar.
  • A segunda etapa já teve mais cara de Abel. Começou no 4-2-3-1, parou num 4-3-3 e cheio de mudanças arrojadas que não necessariamente dão certo. É o famoso “vou pra dentro deles”.
  • Só pra gente ter noção, o Inter terminou com Marcos Guilherme na ala direita, sem primeiro volante, D’Ale, Edenilson e Nonato no meio-campo e o ataque com Yuri, Galhardo e Abel.
  • Peglow entrou na vaga do Patrick que saiu lesionado aos 25 minutos do primeiro. E ele Peglow saiu aos 26 do segundo tempo para a entrada do D’Alessandro. Confesso que fico dividido. Por um lado sei que isso é péssimo para um garoto. Segundo, tenho que analisar a partida e vejo que o Peglow não viu a cor da bola e olhando friamente, ele tinha que sair. Não viu a bola. E ai, qual linha seguir?

Peglow entrou no primeiro tempo e saiu no segundo – Ricardo Duarte/Inter

  • Cuesta virou o lançador oficial do Inter. Tentou 9 bolas longas e 4 cruzamentos. Foi o que a galera odiava no Paulão. E olha que seu cruzamento é bom, hein. Tem perigo. Agora, é muita coisa um zagueiro fazer isso.
  • De resto, por mais que a torcida possa estar enlouquecida com a saída do Coudet, e isso é uma outra história, o negócio é que o Abel não tem nada a ver com isso. Ele chegou faz pouco mais de 24h. Teve 15 minutos de treinamento. Era improvável que vá dar certo. O 1 x 0 foi até injusto pro América-MG, era pra ser mais. Eles mereciam mais. Ao Inter, a única saída é que o Abel consiga reorganizar este time a sua maneira e faça dar certo.

Cuesta virou o lançador do Inter na partida – Ricardo Duarte/Inter

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque