Entre pro time

Inter

Palácios parcelado, já jogou Libertadores, Miguel sem exigências e zagueiro pra repor Moledo

Publicado

em

Divulgação

  • A contratação do Palácios está sendo acertada em 2 milhões de dólares (R$ 11 milhões), que serão pagos em dois anos, provavelmente em 24 meses. Tudo indica que as prestações serão mensais, mas o financeiro colorado ainda tá ajustando como vão bancar o valor, se em menos parcelas ou se serão mensais. Mas a quantia vai ser essa de R$ 11 milhões e ao longo dos próximos dois anos, o que pode mudar é a forma como vão pagar.
  • Palácios que jogou pelo Unión Española, contra o Del Valle, pela pré-Libertadores. E isso não impede a vinda pra cá. A Conmebol permite que jogue por dois clubes desde que em fases diferentes. Como ele só será inscrito na fase de grupos, pode vir sem problemas.
  • E aqui uma informação interessante. A direção diz que Miguel não está fazendo nenhuma exigência de contratação. Ele não fez lista ou coisa do tipo. Os nomes que estão sendo olhados são pelos próprios dirigentes. A sua meta inicial é conhecer quem tem na mão. Até por isso, pediu pra ver o Marcos Guilherme antes de decidir se ele vai pro Fortaleza, por exemplo.
  • Um zagueiro está na pauta por conta da lesão do Moledo. No entanto, não tem pressa. A ideia é ter alguém até a estreia na Libertadores. Só que, se não acharem ninguém no perfil buscado, um dos defensores da base vai ser puxado. Diria que existe uma grande possibilidade de usar um jogador da base como o zagueiro reserva pela direita.
  • Com a vinda do Palácios para a ponta direita, todo mundo sabe que Taison é o ponta pela esquerda que a direção quer, só vai faltar esse zagueiro. Afinal, o vice João Patrício garantiu pra gente na Band que o Inter não tá pensando em contratar para o meio-campo. Por enquanto é isso, só que o Miguel sentir que falta alguma peça, mas hoje o grupo é esse.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque