Entre pro time

Inter

Novo dirigente propõe mudanças na base do Inter

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

Declarações do Gustavo Grossi, novo gerente executivo da base do Inter, na sua apresentação:

  • A direção apresentou para ele um projeto de futebol. Um projeto escrito e bem definido do que fazer pelos próximos três anos. Isso fez toda a diferença para ele.
  • A base do Inter agora não vai mais ser só a partir do sub-14, agora vai ter do sub-10 pra cima. Tem que começar mais cedo a formação.
  • Acha que os jogadores podem demorar um pouco mais para desencantar. Não precisa colocar pra jogar já aos 18, por vezes ele vai jogar só aos 21 ou 22 anos.
  • Quer avaliar com a direção se é possível colocar o time Sub-23 novamente. Não quer tanta apuração para subir os jogadores. Destaco que ainda não é certo que o Sub-23 vai voltar, mas é uma ideia dele.
  • Ele trabalhou dois anos com Coudet no Rosário e cinco anos e meio com Gallardo, no River. E eles tinham que ganhar no profissional. Só que ele não tem que ganhar. A base não tem que ganhar, tem que formar caráter para que os atletas. Pode aprofundar uma ideia de jogo, arriscar propostas e pode até perder. A base tem é que dar ao time profissional a maior quantidade de jogadores para ser campeão lá em cima e depois ser vendido.
  • Ele gosta de ser campeão, mas não de qualquer forma. Não adianta um treinador chegar aqui jogando de uma forma diferente da ideia do Inter. Isso não serve. O mundo ideal é o técnico que joga com o modelo de jogo que o clube propôs, é campeão e ainda forma três jogadores pro time de cima. É isso que eles querem.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque