Entre pro time

Inter

Estas foram as informações passadas pela direção do Inter sobre Guerrero

Publicado

em


O presidente  Marcelo Medeiros começou a sua manifestação confirmando que recebeu a oficialização do retorno da punição ao jogador.

Mesmo assim, acredita na versão dele:

“Todos nós do Inter acreditamos na inocência do atleta Paolo Guerrero e daremos a ele, atleta, daremos todo o suporte para voltar a jogar futebol o quanto antes.”


Ele garante que o assunto não está encerrado. O jogador aguarda um julgamento e outras medidas jurídicas ainda podem ser adotadas.

O Inter tem a segurança que é um negócio importante e que vale a pena ter ele no clube.

Roberto Melo afirmou que o Inter sempre quis ele, independente de cumprir ou não a Copa. Tanto, que no começo das conversas, os dirigentes acreditavam que ele tinha liberação para jogar apenas a Copa. E, mesmo assim, queriam sua contratação.

Melo lembrou que o melhor jogador do São Paulo, líder do Brasileiro, é o Nenê, que já tem 37 anos.

Guerrero foi goleador do Carioca no ano passado, esteve na Seleção dos melhores da América e concorreu com o Luan dizendo que

O dirigente negou a afirmação do jornalista Rodrigo Bueno, da FOX, que noticiou que o Inter já tinha dado R$ 7 milhões para o Guerrero. Ele chamou o jornalista de mal informado.

O contrato de Guerrero foi feito dentro da realidade do Inter. Não teve loucura financeira.

Mais, não teve nenhum parceiro nessa contratação. Nem Sonda, nem ninguém.

Outro ponto importante é que o contrato do peruano está suspenso. O salário dele está suspenso.

Se o Inter quiser, e apenas se o Inter quiser, ele renova com o jogador pelo tempo em que ficou parado. Ou seja, se chegar no meio de 2021 e o clube não achar vantajoso ficar com ele, o atacante será liberado.

Rodrigo Caetano confirmou que Guerrero não poderá treinar no clube. Ele usará novamente os profissionais que o ajudaram no período em que esteve parado no Flamengo.

Guerrero embarcou para o Peru, onde conversa com seus advogados e montar a estratégia do que fazer.

Facebook Comments

22 comentários

22 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque