Entre pro time

Inter

Eliminação ainda repercute, Coudet “gênio ou boludo” e a imprensa só fala quando perde

Publicado

em

Resumo do que disse Coudet na sua coletiva após o empate com o Belgrano:

  • Nos últimos três jogos, fizeram só um gol. É um ponto a melhorar, mas tem grandes jogadores, artilheiros, e irão fazer gols.
  • Os jogos nas competições internacionais são mais brigados, mais disputados.
  • Não acertaram as situações que tiveram. Isso foi muito claro. Fizeram um grande primeiro tempo e no segundo sofreram mais com a bola longa, um jogo mais brigado. O Inter não pegava tanto a bola. O centroavante deles é bom nisso e complicou.
  • Fernando jogou de zagueiro porque dá uma saída de bola qualificada. E também tem jogo aéreo muito forte. 
  • A eliminação é muito recente e é impossível que os jogadores não sintam ela. O time pode jogar mais solto. Tem a segurança que isso irá acontecer. 
  • O golpe “baixa” um pouco, mas terão que sair novamente. 
  • Quando estavam no melhor momento, para ganhar do Juventude, tomaram um cartão vermelho. Depois, nos pênaltis, não deu.
  • Ficaram fora da final nos pênaltis. No ano, nos 90 minutos, perderam só um jogo. Sabe da exigência tem, mas não vão ganhar todos os jogos.
  • Não é tão fácil sair de um jogo onde não deu certo (Juventude) e estar solto no próximo.
  • Falam do sistema, da tática, mas quando ganharam não escutou muito do sistema, da tática. 
  • Sempre fala que no futebol “é gênio quando ganha e boludo (gíria para idiota) quando perde”. Só que ele nunca ouviu que é um gênio por aqui.
  • Não sabe quantos jogos jogaram no ano, acha que dos últimos 20 jogos, perderam um. Tá ruim?
  • Não foram pra final e pediram desculpas. Não pode fazer mais nada. Tem que trabalhar para retomar a fazer tudo que estavam fazendo.
Facebook Comments
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque