Entre pro time

Inter

Dirigente fala em preocupação altíssima, questiona imprensa e dá garantia de bom ambiente

Publicado

em

Reprodução

Resumo da coletiva do vice-presidente do Inter Alexandre Chaves Barcellos:

  • Voltou a afirmar que foi uma opção do ex-treinador sair do Internacional, ele já deu até coletiva lá, agora é página virada, não tem mais que falar deste assunto. Tem que resolver os assuntos internamente com o Abel.
  • As atuações não foram boas, mas não é de agora que o time não tá jogando bem. O último grande jogo foi contra o Flamengo e a produção vem caindo desde então.
  • Pensa que, assim como fez depois do Gauchão, quando fez enfrentamentos ruins, o time conseguiu chegar a liderança do Brasil. A oscilação de agora vai ter que ser compensada de uma outra forma.
  • O nível de preocupação da diretoria é sempre altíssimo. A vida de dirigente é resolver problemas. Lembrou de pegar o time na Série B, as boas companhas do Brasileirão de 2018, a final da Copa do Brasil de 2019, chegando na pandemia nesta temporada.
  • As lesões também foram lembradas. Seja do Patrick e Edenilson nos dois últimos jogos, passando por Guerrero, Saravia e Boschilia. Atletas que não tem como repor no elenco.
  • Questionou a imprensa pelo fato de ficar fazendo este tipo de interpretação como se não houvesse outras coisas acontecendo.
  • Acha que a campanha eleitoral está indo para um caminho péssimo para o Inter. Deixou uma homenagem ao Luiz Fernando Záchia, que foi violentamente atacado nas redes sociais.
  • Já há uma mobilização total para o jogo em Belo Horizonte. Os jogadores sabem que é a chance de buscar uma resposta rápida para os problemas que estão acontecendo.
  • O ambiente é muito bom dentro do vestiário. Não há problema algum. A relação dos jogadores com o Abel foi excelente desde a sua chegada.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque