Entre pro time

Inter

Direção do Inter dá sua versão sobre o interesse do Boca em levar Guerrero

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

O diretor Rodrigo Caetano garante que nenhum dirigente do Boca Juniors fez contato pelo Paolo Guerrero. Mais, ele diz que tem falado quase que diariamente com o centroavante e sempre ouviu que ele está feliz jogando no Inter.

Caetano lembrou que o Guerrero cumpriu seus contratos tanto no Corinthians quanto no Flamengo, tem histórico de cumprir seus acordos e aqui não deve ser diferente. O centroavante tem vinculo aqui por mais dois anos, até 2021.

Pra quem não sabe, o Boca quer o Guerrero e diz que tá disposto a pagar a multa dele. E a multa não é tão alta. É de 4,5 milhões de dólares (R$ 19 milhões). Não é um valor ruim para um cara de 35 anos, mas também é um valor perfeitamente pagável e que não dá segurança alguma.


Até o Riquelme tá falando do Guerrero no Boca. Disse isso em entrevista na Tyc Sports

O problema todo é saber quem poderia ser contratado por essa grana, caso a negociação realmente aconteça. Achar um substituto é que seria difícil.

O lado positivo para o Inter é que o Boca ainda nem tem presidente. Só dia 07 de dezembro o cara vai ser eleito. São três candidatos. Só que todos querem o Guerrero por lá. É a opção mais viável do substituto do Benedetto, vendido por 16 milhões de euros para o Olympique de Marseille.

Até lá, o Inter precisa garantir uma vaga na Libertadores e mostrar para o Guerrero que o ideal seria continuar aqui. Até por gratidão. Mas se não classificar, dá pra imaginar que vai ser difícil segurar o cara aqui.

Sem Libertadores, é difícil concorrer com o Boca.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque