Entre pro time

Inter

CBF admitiu que errou contra o Inter

Publicado

em


Em meio a sua revolta por conta do pênalti marcado contra o Cruzeiro, o vice Roberto Melo deixou escapar uma informação importante sobre outro lance: o pênalti no Guerrero contra o Flamengo.

Nas palavras do Melo, os comandantes da arbitragem disseram para o executivo Rodrigo Caetano que, de fato, foi um erro não marcar aquele pênalti.

Sim, embora isso não vá mudar nada na história, pelo menos ouve um reconhecimento da CBF que o VAR e o arbitro principal acabaram influenciando diretamente naquela partida.


Reprodução

Rodrigo Caetano fez questão de ir até a sede da CBF, no Rio de Janeiro, escutar o áudio da conversa entre os árbitros e entregar um vídeo com erros onde o Inter foi prejudicado neste Brasileirão.

A conversa foi considerada positiva por parte da direção. Mesmo assim, os dirigentes não abriram muita coisa dessa conversa e nem o que foi dito entre os árbitros.

Como esse também foi o procedimento adotado pelo Grêmio, creio que existe um pedido da CBF para não relatar o que se fala no VAR.

Em tempo: A Conmebol divulgou o áudio recentemente, mas a CBF também já fez isso no jogo Botafogo x Palmeiras, em Brasília. A ordem da FIFA é só mostrar o áudio quando a credibilidade do equipamento está sendo colocada a prova.

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque