Entre pro time

Inter

As explicações que deram no vestiário do Inter pra derrota no Gre-Nal

Publicado

em

Reprodução

  • Coudet explicou que seguramente há um lado mental e psicológico que precisa ser trabalhado. Falou que é responsável por não ter conseguido transmitir aos jogadores a maneira que tem que se jogar este tipo de partida.
  • Aliás, falou mais de uma vez que é preciso se preparar de outra maneira neste tipo de partida.
  • Mais, pelo menos duas vezes falou que o Grêmio está jogando há quatro anos junto. Isso faz diferença.
  • Sobre os jogadores jovens, eles precisam de uma “estrutura” para jogar no time principal. Não dá pra colocar a responsabilidade aos mais jovens em um Gre-Nal. Quem tem que assumir a responsabilidade em um Gre-Nal é ele e os mais velhos.
  • Coudet explicou que ia colocar o D’Alessandro no jogo, mas o Rodinei estava com câimbras e ai ele segurou a substituição. No final, depois de toda a confusão, explicou que ele não tinha mais o porquê colocar o gringo em campo.

Vice de futebol do Inter admitiu que o Grêmio foi o melhor – Reprodução

  • O vice de futebol Alessandro começou sua entrevista coletiva admitindo que o Grêmio foi superior e mereceu a vitória. Pra ele, poi a pior exibição do Inter na temporada e tem que servir de exemplo para que o time consiga entender os seus erros. Mesmo assim, falou que não vê um abismo de qualidade entre o Grêmio. Pensa o grupo do Inter é de qualidade e com boas opções também.
  • Mais, o Inter precisa jogar como time grande porque tem um plantel de time grande, treinador de time grande e folha de time grande. Tem a obrigação de jogar e enfrentar os adversários como um clube grande.
  • Sobre D’Alessandro, que o jurídico brigou para estar liberado e sequer entrou em campo, explicou que a parte da direção era colocar os jogadores à disposição.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque