Entre pro time

Inter

Aguirre dá sua versão do porque o Inter não teve força máxima no Morumbi

Publicado

em

Reprodução

Resumo da coletiva do técnico Diego Aguirre:

  • Explicou que Taison ficou em Porto Alegre com dores musculares, os médicos pediram pra não escalar porque tinha risco de lesão. Já Yuri Alberto não jogou porque sentiu uma pancada no tornozelo. No sábado, ele sequer tinha treinado e, faltando cinco minutos, o médico o chamou e disse que Yuri tinha sentido.
  • Pediu pra tirar um pouco de dramatismo do Gre-Nal. Vai é trabalhar para fazer um bom jogo. Não tem nada mais a falar do Grêmio.
  • Mesmo que tenha ficado com apenas quatro jogadores de linha no banco de reservas, ele não vai reclamar de grupo curto. Se tiver que falar, vai falar com a diretoria, em reunião com ele.
  • Fora isso, ainda lembrou que eram muitos lesionados. Taison, Yuri, Dourado, Cadorini, entre outros. Outro fator que colaborou para ter poucos jogadores é que tinha semifinal do Brasileirão Sub-20. Não quis tirar os meninos da decisão para ficar no banco aqui.
  • Falou que Yuri e Moisés são dúvidas pro clássico. Terão que ser avaliados.
  • Garantiu não ter sido surpreendido com o esquema do São Paulo. Admitiu que, em nenhum momento, o time jogou como ele imaginava, como ele queria, lá no Morumbi. Por isso, eles mereceram vencer.
  • No final da coletiva, Aguirre pediu pra explicar que saiu pouco antes da partida acabar porque estava apertado para ir ao banheiro. Nada demais.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque