Entre pro time

Grêmio

Tudo que o Suárez disse que aconteceu na sua novela com o Grêmio

Publicado

em

Diogo Rossi

Resumo do que Suárez disse na coletiva após seu novo acordo de permanência:

  • Sua intenção foi pediu dois anos, mas precisa ser sincero com o seu corpo e com o clube. No próximo ano, não irá poder render o que esperam dele. Seriam muitas viagens se o clube for para a Libertadores. Por isso, conversou com o clube e agradecem que eles entenderam.
  • Fez isso pelo desgaste que tem no joelho. É uma lesão crônica que todo mundo sabe, o clube sabia antes dele chegar. 
  • O ritmo é muito alto no futebol brasileiro. As pessoas do clube ofereceram parar um mês, dois meses. Ele não pode parar. Se comprometeu em treinar e jogar. Se não, sente como se estivesse mentindo no clube. 
  • Ficou 15 dias sem jogar e se sentiu muito bem. 
  • Não sabe o que irá fazer após dezembro. Não sabe se irá parar ou continuar jogando. A única coisa certa é que irá baixar a intensidade.
  • Não falou antes porque não pode sair todos os dias sair para desmentir as informações. Deixou que a imprensa falar. Falaram de querer parar por um tempo até querer aposentar. Isso lhe molestou. 
  • Já se comprometeu com o clube de tentar jogar todas as partidas que puder. No dia pós jogos tem muitas dores, mas desfrutar de jogar no futebol brasileiro, vale a pena.
  • O Inter Miami entrou em contato com o Grêmio, que comunicou que não havia nenhuma possibilidade. Com ele mesmo, ninguém entrou em contato.
  • Perguntado se em algum momento propôs os 10 milhões de dólares para rescindir, respondeu que as comunicações eram com seu advogado. E o advogado dele é quem conduzia as negociações e depois chegava nele.
  • Garantiu que não tem nenhum tipo de regalia. Renato sempre pergunta se ele quer treinar após os jogos, que se não quisesse, poderia descansar, mas ele sempre dizia que iria para o treino porque era seu compromisso com o clube. Jogar em campo sintético é que é difícil por conta do seu joelho.
  • Contra o Flamengo, a sua gana de mostrar para a torcida, de fazer tudo tão bem, que não saiu nada. Isso o frustrou. Estava tão acelerado que não fez a partida que queria. Teve o sacrifício, mas neste tipo de partida não é só isso que ajuda. Não crê que perderam o foco porque jogar uma semifinal de Copa do Brasil tem que ser muito motivante.
  • Pediu para a torcida julgá-lo por suas coisas dentro de campo. Pelo esforço que faz com quase 37 anos, com o joelho mal, que valorem o sacrifício que faz em cada partida.
  • Renato foi jogador, sabe como são estas situações. E os seus companheiros sempre respeitaram e nunca perguntam nada sobre sua situação. Depois, na terça, antes da partida contra o Flamengo, falou com seus companheiros para dizer que tem que pensar no melhor para o clube, pediu desculpas para sentiram alguma sensação ruim dele, mas todos lhe aplaudiram na hora e não ficou nenhum problema.
  • Falou para seus companheiros que sonha que seus filhos e sua esposa lhe vejam levantar a Copa do Brasil. E o Brasileirão é muito grande, é difícil, mas a Liga Espanhola era difícil para o Atlético de Madrid e ele ganhou.
  • O melhor momento que viveu aqui foi o gol contra o Inter. 
Facebook Comments
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque