Entre pro time

Grêmio

Presidente da CBF se manifesta após pressão na arbitragem

Publicado

em

Lucas Figueiredo/CBF

Rogério Caboclo, presidente da CBF, fez um discurso na premiação dos melhores do Brasileirão e defendeu os árbitros da CBF.

  • “O mais curioso é que, a gente, muitas vezes, despeja a nossa felicidade ou infelicidade na arbitragem, falando o quanto o nosso clube é prejudicado e nunca favorecido. Mas dizendo, “olha, nosso clube foi prejudicado”. E todos os 20 clubes se dizem prejudicados e eu falo a cada presidente: “poxa vida, se isso for verdade, quem será o favorecido, se todos os 20 clubes foram prejudicados?” E, na verdade, não existe clube prejudicado, clube favorecido. Porque se existe uma classe isenta, correta, digna, profissional que eu aposto e digo em alto e bom som que pertence a CBF, é a classe da arbitragem. São profissionais que merecem todo o nosso respeito.”
  • “Os árbitros do Brasil não erram mais do que o arbitro de qualquer lugar do mundo.”
  • “Por isso, eu tenho a honra de dizer que o campeão do Brasil se consagrou dentro das quatro linhas, como tem sido.”

Caboclo fala isso justamente no momento em que Gaciba está muito pressionado. Inter e Grêmio são clubes que constantemente criticam. O Vasco tá no STJD contra o VAR.

Além deles, até na Série B tem reclamação. O América-MG é um que fez documento e Lisca cobrou Gaciba na coletiva também.


Enfim, ainda não sabemos o rumo da arbitragem, se o Gaciba vai sair ou ficar, mas o presidente da CBF indiretamente o apoiou nessa declaração.

 

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque