Entre pro time

Grêmio

Os caras que deram a vitória do Grêmio contra o Botafogo

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

  • Pepê foi o melhor em campo. Marcou dois gols fundamentais. O primeiro que ele fez foi de canhota, recebendo do Diego Souza, e fazendo o 2 x 1. E depois ainda meteu de biquinho numa jogadaça do Victor Ferraz com o Maicon. Sem dúvidas o melhor em campo.
  • O segundo melhor foi o Maicon. É incrível como o time melhora com ele na meia. Joga muita bola ainda. Mesmo não tendo físico para 90 minutos. Olha, Maicon tem que ser titular mesmo se puder jogar só um tempo. É diferente, não adianta. Ele dá o ritmo do meio.
  • O terceiro em campo foi Diego Souza. Ele estava sendo protagonista e poderia até ser o melhor em campo. Afinal, completou de cabeça pra fazer 1 x 0 e depois fez um pivô de futsal no gol do Pepê. Só que conseguiu ser expulso de uma maneira ridícula. Não consegui entender até agora o que passou na cabeça dele. O cara meteu o pé na bunda do jogador Botafogo. Com ou sem intensidade, não pode. Se fosse o contrário, toda a torcida ia querer a expulsão do adversário. Não tem como defender. O Musto fez o mesmo no Gre-Nal. Ele deixou o braço e depois disse que foi pra encontrar o adversário. Não foi. Os caras tentam provocar e acabam fazendo bobagem. Mereceu.
  • Foi a sexta expulsão em 15 jogos até agora no Brasileirão. É muita coisa.
Imagem

Não consigo defender o Diego Souza – Reprodução

  • Também preciso fazer o registro pro Alisson. É extremamente injusto cogitar tirá-lo do time como muito fizeram recentemente. Alisson é o ponta-direita que ajuda no ataque e na defesa. Deixem ele. Sequer cogitem tirá-lo.
  • O mesmo não dá pra dizer do Robinho. É surreal. Quase nada que o cara fez deu certo. Só teve um bom lance que foi o do primeiro gol. Ele cruzou pro Alisson, que escorou pro Diego Souza. De resto, errou quase tudo. Tá muito longe de ser o arrumador de time para o qual foi contratado.
  • De resto, foi um jogo bem ok. Nada demais. Era o Botafogo, não tem como esconder que é um time que vai brigar para não cair. O lado bom foi voltar a vencer, agora a obrigação do time é começar a engatar bons resultados. Sábado, tem o São Paulo, no Morumbi. E aí o negócio é diferente.

Maicon fez toda a diferença no meio-campo – Lucas Uebel/Grêmio

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque