Entre pro time

Grêmio

Grêmio está negociando o volante Diego Rosa com o Mancheter City. Aqui os detalhes!

Publicado

em

Alexandre Loureiro/CBF

A direção do Grêmio aceitou abrir negociações e está tratando da venda do volante Diego Rosa, 17 anos, para o Manchester City, da Inglaterra.

O jogador chama muito a atenção do mercado europeu desde que foi campeão do Mundo com a Seleção Sub-17 e já tinha recebido sondagens da Juventus recentemente. O Grêmio nunca aceitou fazer negócio.

Só que agora, como seu contrato vai só até outubro de 2021 e ainda não aconteceu a renovação, que está um pouco enrolada, registre-se, o presidente Romildo aceitou ouvir a proposta que vem da Inglaterra.


Diego Rosa fará 18 anos em outubro e tem contrato até outubro de 2021 – Rodrigo Faturi/Grêmio

A proposta inglesa ainda não está na mesa do presidente Romildo, mas informalmente o clube já foi informado que é de seis milhões (R$ 36,4 milhões) de euros agora e mais duas bonificações de quatro milhões de euros (R$ 24,2 milhões cada).

Confesso que esse parcelamento ainda é um certo mistério. Afinal, são duas bonificações, uma que seria depositada numa data mais próxima e outra que ficaria para bem mais adiante e, provavelmente, dependendo de metas a serem atingidas. Tipo o que aconteceu com o Arthur.

Fora isso, o Grêmio ainda ficaria com um percentual de venda futura. Algo como a negociação do Tetê, que o clube detém 15% da valorização que o atacante terá em uma nova negociação na Europa.

Só que, como eu disse, ainda tem alguns pontos a serem resolvidos e que não foram debatidos. Por exemplo, no papel, o Diego Rosa é 50% do Grêmio e 50% do Vitória, clube que o formou.

No entanto, existe uma cláusula que o Tricolor deposita uma grana, que não é alta, e compra mais 20% dele a hora que quiser. Essa cláusula deve ser ativada na negociação. Isso significa que 70% do valor fica na Arena e o restante vai para o Vitória.

Enfim, é impossível neste momento cravar toda a negociação porque ela não está avançada. Mas faz quase um mês que esse assunto é tratado nos bastidores do clube. E, mesmo que o Diego seja da base, é o próprio presidente Romildo quem está conduzindo as conversas.

A notícia mais concreta é que, de fato, tem negociação em andamento e existe uma tendência para a venda por conta da não renovação do atleta. Ponto. Mas não dá pra saber se vão assinar ainda.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque