Entre pro time

Inter

Segundo dirigente do Botafogo, Rodinei admitiu erro da arbitragem na ida para o vestiário

Publicado

em

Vitor Silva/Botafogo

Túlio Lustosa, ex-jogador e hoje gerente de futebol do Botafogo, deu entrevista coletiva após o jogo contra o Inter.

E, segundo ele, o próprio Rodinei admitiu pro técnico Eduardo Barroca, na saída para o intervalo, que deveria ter sido expulso por colocar a mão na bola já tendo cartão amarelo.

Aqui as frases dele sobre o lance:


  • “Ele interrompe um lance promissor nosso. Estava amarelado e era o segundo cartão amarelo. O próprio Rodinei admitiu, disse isso ao Barroca na ida para o vestiário, e o Abel, muito inteligente, tirou no segundo tempo.”
  • “Na nossa opinião, a arbitragem foi desastrosa e parcial. A começar pelo lance do Rodinei. Fico decepcionado com a atitude do árbitro, é uma regra muito simples.”

Importante registrar que a Nadine Bastos, comentarista do Premiere, afirmou que o lance não era para amarelo. Segundo ela, não foi um ataque promissor. Por isso, era apenas falta e pronto.

Imagem

Mas o Botafogo também reclamou do gol do Yuri Alberto. Aqui o que Túlio disse:

“O gesto corporal dele mostra isso, o toque sem direção para nenhum atleta. Ele não iniciou a partida. O segundo ponto, mais grave, é que estava fora do local da cobrança da falta. Se o Kevin fizesse um lançamento e um atacante nosso ficasse na cara do gol? O árbitro Caio Max voltaria a cobrança. Só mostra que ele nunca jogou futebol.”

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque