Entre pro time

Inter

Presidente chamou empresário de mentiroso, multa para saída e os cinco clubes que querem Guerrero

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

  • O empresário do Paolo Guerrero soltou nota confirmando a informação que a imprensa estava trazendo: o jogador propôs a rescisão contratual com o Inter diante das manifestações do clube dizendo que não tem certeza se vai ficar com ele, se vai renovar o contrato.
  • Em entrevista ao Cristiano Silva, repórter do site Goal.com, o presidente Alessandro Barcellos disse que isso é mentira: “O Vinícius Prates está mentindo, em nenhum momento ele procurou a direção do Inter para falar de rescisão de contrato do Guerrero”.
  • Em entrevista na Rádio Bandeirantes, o vice João Patrício Hermann chamou o agente de “esse cidadão”, lamentou que o assunto tá sendo vazado na véspera de um jogo importante e contou que a diretoria conversou com a direção colorada nesta manhã de domingo, no CT Parque Gigante. Porém, não sabemos o que foi falado na conversa. Perguntado sobre isso, o dirigente despistou e não confirmou que o jogador está contente. Ou seja, fica claro que não é o empresário que tá tumultuando por conta, o atleta tá incomodado mesmo.
  • O contrato tem cláusula rescisória, quem quiser a saída, precisa pagar 2,5 milhões de dólares. Hoje, isso dá R$ 13,6 milhões. No entanto, exista uma boa possibilidade de uma liberação boa para os dois lados, o clube se libera de um salário de R$ 800 mil e o peruano vai seguir sua vida em outro lugar onde pode jogar.
  • Se contarmos férias e 13º, o custo do centroavante até o final do ano, vai beirar os R$ 7 milhões.
  • Guerrero foi procurado por cinco clubes: São Paulo, Atlético-MG, Boca, um clube da China e outro dos Emirados.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque