Entre pro time

Inter

Morte de parente fez Paolo Guerrero viajar para o Peru

Publicado

em


Paolo Guerrero foi liberado pela direção do Internacional para viajar até o Peru. Com isso, não conseguirá treinar neste começo de semana.

Acontece que um sobrinho dele morreu atropelado em uma rua da capital peruana.

A história é um pouco difícil. O rapaz de 28 anos estaria fugindo de um assalto e, no meio da confusão, acabou sendo atropelado.


O fato aconteceu em Chorrillos, que é meio que um lugar na região metropolitana de Lima, capital do Peru, e o motorista fugiu sem prestar socorro.

O nome dele era Júlio André e ele era filho de “Coyote” Rivera, que é meio irmão do Guerrero, e também foi jogador. Um meia que passou por Sporting Cristal, por exemplo, que hoje está com 51 anos.

O velório está acontecendo na casa da mãe do Paolo Guerrero.

Enfim, o fato é que um familiar dele faleceu e o jogador foi liberado para estar junto da família.

Guerrero é aguardado em Porto Alegre até o final de semana.


1 comentário

1 Comment

  1. Anônimo

    11 de março de 2019 at 23:54

    Força à família. Aproveito o gancho e relato o seguinte: Fui atropelado na manhã do dia 28 de fevereiro e a Parati de esteio, placas ILK1979 me atropelou e fugiu sem prestar socorro.
    Dei sorte que o vagabundo não me matou e ainda consigo estar junto a meus filhos. Esse criminoso ainda vai pagar na justiça.

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque