Entre pro time

Inter

Inter vai na CBF, relata desrespeito e mentira do presidente do Flamengo e queria liberar Beira-Rio após várzea

Publicado

em

Reprodução

Resumo da entrevista do vice de futebol do Inter João Patrício Hermann, no Maracanã:

  • Pensa que foi uma das maiores vergonhas dos últimos tempos e que o Internacional foi surrupiado. O árbitro mudou o critério que vinha adotando nos últimos jogos. Eles tem lances em que a mesma situação aconteceu e só deu o amarelo. Tanto que o Felipe Luiz disse que não foi falta pra vermelho.
  • O Inter vai na CBF ouvir o VAR e promete ficar mais atenta ainda ao que tá acontecendo.
  • Entende que os jogadores foram guerreiros e o time foi corajoso.
  • Na sua visão, houve um desespero dos dirigentes do Flamengo e do treinador, que praticamente invadiram o gramado. Tentaram manipular o VAR no gol que não foi dado para eles.
  • Reclamou que tinha mais de 60 pessoas na arquibancada atrás dos bancos.
  • A direção colorada foi colocada lá em cima, bem longe de tudo. E o presidente deles, Rodolfo Landim, mentiu dizendo que todos ficariam lá no outro lance de arquibancada, mas só os colocados foram excluídos. Ele falou isso quando a direção colorada encontrou ele no elevador e pediu pra poder ficar mais próxima ao gramado. O cara mentiu na cara dura.
  • Acha que o Flamengo pode até tentar ser campeão, mas vai ser muito difícil. Ele acredita no elenco. O Campeonato não acabou ainda. Pediu para acreditarem. Disse que os jogadores estão muito fechados no vestiário e vão buscar o título.
  • Quem tem que falar é o árbitro. A direção do Inter não gosta de protagonismo, ele que tem que falar e explicar.
  • Comemorou que o presidente da CBF estava no Maracanã e viu tudo que a direção do Flamengo fez.
  • Tinha tanta gente na arquibancada por parte Flamengo que a vontade que ele tem é de liberar o Beira-Rio para toda a torcida entrar na quinta-feira porque o que ele viu no Maracanã foi algo varzeano por parte da diretoria do Flamengo.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque