Entre pro time

Inter

Abel relata o que aconteceu no vestiário após perda do título e comunica saída do Inter

Publicado

em

Reprodução

  • Abel começou sua coletiva dizendo que chorou muito no vestiário. Que a dor não foi só pelo título que não veio após 41 anos e sim porque tiraram o título semana passada. Ali sim existia vantagem.
  • Lembrou que o pênalti não dado para o Inter foi dado para o Flamengo, no Brasileirão de 2019, contra o Grêmio aqui na Arena.
  • Depois, reclamou também que um dos gols anulados do Inter teve uma falta no Cássio que não existiu.
  • O campeonato mostrou que muitas vezes não é o fora de série, não é o craque que vai resolver. É um vestiário limpo, o vestiário incrível que o Inter tem.
  • Não sabe se vai sair vídeo do vestiário, mas acha que as lágrimas dos jogadores expressam muito bem a exaustão dos atletas. Esse é o maior legado. Um vestiário sério, de homens, de atletas.
  • Sobre seu futuro, contou que só foi comunicado para ficar até o final do Brasileiro. Depois disso, não foi procurado para renovar. Então, isso significa que esse foi seu último jogo. Mas garantiu que não fica magoado ou triste por isso. Garantiu que está saindo com o presidente Alessandro e o vice João Patrício como seus amigos.
  • Sai orgulhoso dando um até breve ou até logo. Futebol não se sabe o futuro.
  • Fica a dor de ter o seu terceiro vice-campeonato com o Inter. (88/2006/2020)
  • Não faltou nada para o título. O grupo é excelente, tem dois e até três jogadores para cada posição em alguns setores da equipe.
  • Sabe que tem muitos jovens, mas isso não é problema. Pensa que contribuiu para dar rodagem para vários deles.
  • Bastante emocionado, Abel pediu para encerrar a coletiva. E foi isso que aconteceu.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque