Entre pro time

Grêmio

Resumo de algumas negociações previstas no Grêmio

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

  • O repórter Saimon Bianchini, da GaúchaZH, conseguiu descobrir que o empresário do Cortez conversou com a direção do Grêmio sobre o futuro do lateral, que tem contrato até o final de 2021. E ele ouviu que os dirigentes tem interesse na renovação. Pediram apenas pra esperar passar a final da Copa do Brasil que as duas partes irão conversar. Cortez tem 34 anos.
  • O goleiro Phelipe Megiolado está passando uns dias no Brasil. Ele tá jogando empresta no Dallas FC, dos Estados Unidos. E, mesmo que não seja titular, está gostando bastante da experiência. O time dele acredito que também porque, segundo me passou o agente do jogador, os americanos estão acenando com a compra dele em definitivo. Querem apostar no futuro, em um goleiro de seleção brasileira de base. O contrato prevê a compra pagando US$ 2,5 milhões (R$ 13,5 milhões). O Grêmio tem direito a 70%, ficaria com quase R$ 10 milhões.

View this post on Instagram

A post shared by Laboratório Do Pé (@laboratoriodope)


  • Soma essa venda, com os cinco milhões de euros que irão entrar agora do Pepê (a outra parte é só em 2022) e mais os seis milhões de euros (R$ 39 milhões) que o Diego Rosa deixou e tem uma baita grana.
  • Por falar nisso, o Grêmio ganha cinco de euros (R$ 32 milhões) só pra si agora na metade do ano, vai ganhar mais cinco em janeiro de 2022. E os últimos cinco milhões de euros vão ser só do Foz do Iguaçu. Mas o Porto só vai pagar eles em junho de 2022. A prioridade é gremista.
  • Hoje, é praticamente certo que três jogadores vão sair. Júlio César e Robinho não ficam com certeza. A dúvida é Luiz Fernando. Pra ficar com ele, tem que pagar mais R$ 1 milhão pro Botafogo. Isso pelo empréstimo até o final deste ano. Eu só coloco como dúvida porque, se o Renato ficar, vai pedir que ele fique.
  • Só com estes três citados dá pra reduzir a folha em pelo menos R$ 400 mil.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque