Entre pro time

Grêmio

Renato cita Romário, D’Alessandro e manda recado para um “recalcado” da imprensa

Publicado

em

Reprodução

Renato foi para a coletiva desta tarde dizer que a idade dos jogadores não lhe preocupa. A única preocupação é com o desempenho. Lembrou que, em 2005, o Romário foi seu jogador e, com 39 anos, foi goleador do Campeonato Brasileiro.

Só que, no meio das respostas, Renato aproveitou para dar a letra para recalcados da imprensa:

Frases do Renato sobre este tema:


  • “Eu tenho uma satisfação muito grande de ver o D’Alessandro, por exemplo, jogar. Quantos anos tem o D’Alessandro? Tem 38 anos. Quantos anos tem o Guerrero? E vocês vão falar que eles não são grandes jogadores?”
  • “O ano passado muita gente faltou com respeito com ele, porque ele estava  sete meses sem fazer gol, que o D’Alessandro tinha que ir embora, não tinha que renovar, que renovou porque era amigo do treinador. As mesmas pessoas, no último jogo, colocaram o D’Alessandro como um rei. E ele tem que ser tratado assim por tudo que já fez no futebol.”
  • “Eu tenho que falar isso porque tá meio que engasgado. Tem algumas pessoas da imprensa do Rio Grande do Sul que são recalcadas. E ai elas gostam de alfinetar não pelo o que o treinador tá fazendo no trabalho, que ai eu aceito a critica construtiva, mas ai você percebe no cara que ele tá criticando porque realmente tem alguma coisa errada. E, por outro lado, é o recalcado que gosta de criticar, mas não tá vendo o trabalho do treinador, do jogador.  Ele tá vendo a vida pessoal. Tá indo pela vida pessoal. Ou, de repente, porque não tem o que o jogador tem. E você tá vendo no semblante dele que é um recalcado. Ainda bem que é 1%, 2%, no máximo.”
  • “Volto a repetir para o nosso torcedor, quando na emissora sentir que o cara é o recalcado, troca de emissora. Se tá na rádio e o cara tá sendo recalcado, não tá sendo profissional, troca de rádio também. Esse é o recado que eu mando para o nosso torcedor.”
  • “Tem pessoas que tão chegando e tão se achando. Ainda bem que Deus me dá essa noção de ver que o cara é recalcado. Eu não tenho culpa se os caras tem uma profissão maravilhosa, se o futebol dá tudo para eles e o cara não venceu como jogador ou não tá vencendo na profissão dele. Então, fica atirando em quem venceu na profissão, não. Recalcado. Ponto.”

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque