Entre pro time

Grêmio

Porque Villasanti saiu, o que falta pro Campaz, não tem time fixo e jogadores ajudam a definir estratégia

Publicado

em

Reprodução

Resumo da coletiva do Mancini após a derrota pro Atlético, no Mineirão:

  • Grêmio começou a ter um pouco do que ele quer, um time agressivo, que marque alto. Viu um time muito superior aos outros jogos. Falta alguma coisa? Falta. Vai tentar ajustar isso até sábado. Comemorou que o comportamento foi bem diferente.
  • Usou os três volantes para ter a marcação. O Atlético joga muito por dentro, com Nacho e Hulk. Com os três, iria bloquear eles. Ai, apostou nas laterais com Douglas e Ferreira.
  • Depois disso, fez a mudança ainda no primeiro tempo porque estava perdendo o meio-campo. Sentiu que precisava de um meia. E acha que a mudança surgiu efeito ainda no primeiro tempo.
  • Villasanti saiu por opção. Não teve nenhuma lesão.
  • Acredita que dá pra jogar nas duas maneiras, seja com três volantes ou com um meia ofensivo.
  • Perguntado sobre Campaz, respondeu que o que falta pra ele é jogo, é jogar, estar em campo. Citou que ele ainda precisa se adaptar, e isso ainda é mais fora de campo do que dentro de campo. Citou coisas como alimentação e até a cidade diferente onde mora. Falou em antecipar e colocar pra jogar até pra acelerar essa adaptação.
  • Tem que cuidar alguns detalhes. Detalhes como o lance do pênalti do Palmeiras e esse pênalti contra o Galo. Tem que ser mais maduro. Não pode ter esse detalhe.
  • Tem que focar que a atuação desta noite abriu uma chance real de ganhar partidas daqui pra frente.
  • O time que jogou não é o seu time base. Como não tem tempo pra treinar, vai ter que sentar e definir uma estratégia e um time titular a cada partida.
  • Falou até que existe um debate interno e que os jogadores estão participando muito das decisões na escalação. Eles participam da estratégia do jogo, se vai marcar mais adiantado ou mais atrás, por exemplo.
  • Sua estratégia é mostrar a verdade para os jogadores. Mostrar que oscilaram no segundo tempo das últimas partidas, mas evoluíram tanto a ponto de enfrentar o Galo no Mineirão. E também mostrar que os detalhes estão prejudicando. Detalhes como os pênaltis contra Palmeiras e agora o que o Campaz fez.
  • Tá vendo a equipe mais ajustada, todo mundo brigando por cada centímetro do campo. Será dessa forma daqui pra frente.
  • Comemorou que o time foi até mais ofensivo no segundo tempo. No mínimo, fez um jogo no mesmo nível nos dois tempos. Foi corajoso.
Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque