Entre pro time

Grêmio

O que há por trás da emoção do Maicon na entrevista depois do jogo

Publicado

em

Reprodução

Maicon saiu do jogo contra o Galo emocionado dizendo que “quer jogar e não consegue”.  E a real é que uma nova lesão, desta vez na panturrilha, está o incomodando.

Antes disso, no começo de novembro, contra o Juventude, ele já tinha sentido a coxa. Parou, tratou e voltou bem. Só que, quando ia ter nova sequência, a panturrilha acusou no jogo contra o Santos, pela Libertadores. Isso foi na metade de dezembro. Ou seja, duas lesões diferentes em um período de um mês.

Vendo isso, Renato pediu pro Maicon fazer um tratamento muito dedicado para prevenir lesões. E ele tá fazendo, o cara é muito dedicado. Só que a panturrilha insiste em doer. As dores reduzem, mas voltam depois. Esse é um dos motivos da emoção no depoimento.


Maicon entrou no segundo tempo contra Palmeiras e Atlético – Lucas Uebel/Grêmio

Maicon convive com lesão há um bom tempo por aqui. Só lembrar que ele ficou fora da reta final da Libertadores de 2017 por ter que fazer uma cirurgia no tendão de Aquiles.

Em 2019, chegou-se a divulgar uma cirurgia no joelho, que acabou não acontecendo porque ele tratou com fisioterapia.

Este ano, são as lesões musculares que o fizeram perder boa parte da temporada.

Tanto, que o último jogo completo do Maicon foi em fevereiro, pelo Gauchão.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque