Entre pro time

Grêmio

Os muitos milhões que entraram nos cofres do Grêmio

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

A saída do Tetê acabou gerando num debate em boa parte da imprensa sobre o quanto o Grêmio já faturou com os jogadores formados na base e que foram vendidos pelo presidente Romildo. Aqui está a conta:

  • Walace: R$ 20 milhões (vendeu por R$ 33 milhões, mas o resto era de empresários)
  • Júnior: R$ 500 mil
  • Pedro Rocha: R$ 45 milhões
  • Arthur: R$ 120 milhões
  • Jailson: R$ 20 milhões
  • Grohe: R$ 12 milhões
  • Tetê: R$ 42 milhões
  • Ainda tem o goleiro Léo Jardim, que vai render 1 milhão de euros, mas este valor não entrou

Somando tudo, chegamos ao número de R$ 259 milhões e 500 mil. Este é o valor arrecadado com os caras da base do clube e que foram vendidos.

Romildo ainda fez outras vendas, como as de Barcos, Moreno, que foram as primeiras, até Jael, a última que não foi da base.


  • Barcos: R$ 2,5 milhões
  • Moreno: R$ 4 milhões
  • Giuliano: R$ 25 milhões (Celso Rigo bancou a vinda dele por cerca de R$ 20 milhões e o Grêmio ressarciu ele depois)
  • Edilson: R$ 3 milhões
  • Bolaños: R$ 9 milhões (Celso Rigo também ajudou na compra dele por quase R$ 20 milhões, mas o Grêmio já tinha pago o investidor na época da venda)
  • Jael: R$ 2 milhões

Somando estas, temos mais R$ 45,5 milhões.

Somando tudo, chegamos ao incrível número de R$ 305 milhões em vendas nos quatro anos em que Romildo está no clube.

Aqui no YouTube tem mais do Grêmio:

Facebook Comments

13 comentários

13 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque