Entre pro time

Grêmio

Entenda o que tá acontecendo para Romildo poder ficar no Grêmio

Publicado

em


Vou tentar resumir de uma maneira didática para o pessoal entender o que aconteceu.

As regras do Profut, programa que refinanciou as dívidas dos clubes com o governo federal, ordenam que um presidente só pode se reeleger uma vez.

Romildo já se reelegeu em 2016. Todo mundo sabe disso. Ele começou em 2014, fez dois anos e agora está cumprindo o último ano do mandato.


Só que ai vem o grande detalhe: o Grêmio tinha um modelo de eleição a cada dois anos.

Foi justamente na virada de 2015/2016, que o Conselho alterou o estatuto e o mandato passou a ser de três temporadas.

Por isso, os conselheiros se reuniram nesta semana e definiram que, como o estatuto mudou, Romildo pode sim tentar a reeleição.

No entendimento do Conselho Gremista, Romildo está indo para sua primeira reeleição.

Afinal de contas, antes eram dois anos. Agora são três. Houve uma mudança no estatuto.

A votação no Conselho foi, entre outras coisas, apoiada no parecer de um jurista, que é gremista e conselheiro do clube.

O grande problema agora é que não basta apenas a aprovação dos conselheiros.

Eles precisam da aprovação da entidade do governo que comanda o Profut.

Tem que mostrar pra estes caras que é uma medida extraordinária por conta desta peculiaridade.

Afinal, o governo tá querendo evitar novos Euricos Mirandas no futebol brasileiro.

Importante deixar claro que todo mundo no Grêmio diz que não fará nenhuma loucura. Eles só concretizarão tudo quando tiverem segurança jurídica de que não vai dar rolo.

Tenho certeza que uma consulta para a APAFUT, que comanda o Profut, vai ser feita.

Só pra gente ter noção. Se o Romildo fica e os caras desaprovam, as dividas fiscais são todas executadas de uma vez.

O Grêmio tem algo em torno de R$ 90 milhões em dívidas fiscais com o governo.

E, como tem este programa de pagamento, o clube paga cerca de R$ 200 mil por mês pelos próximos 30 anos.

Vale muito a pena.

Seria tolice arriscar, mesmo por Romildo.

Por isso, é fundamental ter todas as garantias.

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

11 comentários

11 Comments

  1. Anônimo

    28 de março de 2019 at 22:52

    E quanto as múltiplas reeleições dos presidentes das federações de futebol (estaduais e cbf) quando terão fim? Já vamos para duas décadas ( são quase 20 ANOS) de era Novelletto na FGF. Antes foi o Perondi por período igual ou superior. Até quando? Tem previsão de mudança? São os coronéis do futebol.

  2. Rafael

    28 de março de 2019 at 17:53

    Não é porque mudou de 2 anos pra 3. É porque o Profut foi criado em 2015 e o Romildo foi eleito 1 vez depois disso. Então agora seria a primeira reeleição.

    O Profut terá que se manifestar. Criar a jurisprudência. Já teve alguém no Rio reeleito em situação análoga. Mas era clube pequeno. O Grêmio é o primeiro grande nesta situação.

  3. O Povo Quer Saber

    28 de março de 2019 at 16:52

    JB, explica aí como R$ 90.000.000,00 em dívidas serão pagas em 30 anos (360 meses) de R$ 200.000,00??

    se eu ,e lembro da matemática…R$ 200.000,00 x 12 x 30 = R$ 72.000.000,00…tem desconto pra pagar no Profut?

    • Rafael

      28 de março de 2019 at 17:55

      Pior que tem desconto sim… coisa de pai pra filho

  4. Gustavo

    28 de março de 2019 at 13:09

    Não se preocupe JBaldasso, deixe isso para o jurídico do Grêmio…

  5. Jj

    28 de março de 2019 at 13:01

    Parecer do Lenio Streck, pós doutor, sumidade em direito constitucional internacionalmente reconhecido, ex-procurador e advogado atualmente, professor da unísinos e de inúmeros programas de doutorado
    em direito no Brasil e no mundo e que é especializado em atuação nas cortes superiores.
    É provavelmente o maior jurista vivo no Rio Grande do Sul em matéria constitucional.

    • Trago Verdades

      28 de março de 2019 at 13:35

      tchê…”parecer” de advogado é como papel higiênico…só serve para limpar a bunda, já que provavelmente outros grandes juristas tão ou mais renomados que o Lênio conseguiriam fazer um contrário a essa tese…

      a ciência jurídica é assim….

      • Anônimo

        28 de março de 2019 at 13:43

        É mordido pq os advogados do Inter davam a vitória certa lá no TAS e só passaram vergonha.

        • Trago Verdades

          28 de março de 2019 at 13:58

          não é mordido não…mas pareceres jurídicos são assim…não é matemática….

          e caso tu não tenha a informação, a própria justiça posteriormente comprovou que os documentos eram idôneos…só a CBF (Casa Bandida do Futebol ) e o STJD (Sacanas e Trambiqueiros da Justiça Desportiva) pra aceitarem que uma transferência internacional seja validada como nacional…

          e o TAS não julgou improcedente a ação do Inter, apenas não julgou…

      • Anônimo

        28 de março de 2019 at 13:54

        se for o parecer daqueles do CAS, com certeza são mesmo… kkkkk

        • Trago Verdades

          28 de março de 2019 at 14:00

          pra ver como tu tá desinformado….mas eu desenho pra ti…o CAS não deu parecer nem julgou nada…apenas disse que não podia fazê-lo…e sabe por quê? porque só poderia caso a justiça brasileira tivesse julgado, o que não fez….

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque