Entre pro time

Grêmio

A única chance do Grêmio comprar a Arena em 2022

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

Na entrevista que deu pro GE, Romildo disse que dificilmente o Grêmio vai conseguir comprar a Arena, em 2022.

É verdade que no próximo dia 22 de fevereiro tem uma nova audiência marcada, mas o assunto que parecia fácil ficou difícil novamente.

Parecia fácil porque a minuta do contrato estava pronta, o clube fez toda a preparação para assumir a gestão, contratou empresas de auditoria, profissionais para tocar o estádio, mas agora tudo mudou. Se não tiver uma nova conversa para mudar as condições atuais e readequar elas a instituição atual que o Grêmio vive, não vai ter como assumir nenhum compromisso.


Romildo não disse, mas é claro que tá falando das receitas do Grêmio. Como tá na Série B, a grana que entra vai ser bem reduzida. Só pra gente ter noção, tá entrando R$ 500 milhões de faturamento nas últimas temporadas e o orçamento de 2022 ficou na casa dos R$ 300 milhões.

Óbvio que o orçamento é só uma projeção, só que isso é um indicativo que não há como bancar as obras do entorno. Estamos falando de R$ 42 milhões de investimento, que seriam pagos ao longo de cinco anos, com parcelas mensais, tão logo o controle do equipamento fosse entregue para o Grêmio.

É por isso que ele trata como difícil fechar a compra agora. Porém, ainda existe uma pequena chance por conta da reunião do dia 22 de fevereiro.

Se ocorrer um novo acordo lá, é possível imaginar um avanço. Caso contrário, vai ficar para o próximo presidente, que assume a partir de 2023.

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque