Entre pro time

Inter

Inter liga pro Gaciba e ouve explicações da CBF por gol (ou não) contra o Palmeiras

Publicado

em

Divulgação

Rodrigo Caetano ligou para o Leonardo Gaciba, chefe dos árbitros da CBF, para saber sobre o lance polêmico no jogo contra o Palmeiras. Queria entender o que tinham visto no VAR, se a bola entrou ou não.

A resposta que o Inter recebeu é que o VAR analisou o lance, mas a tecnologia deles não é conclusiva sobre isso. A única tenologia que poderia dar uma precisão se chama “Goal Line”, e ela não é disponível no Brasileirão ainda.

O VAR não tem essa capacidade para analisar, com precisão, se a bola entrou. Por isso, eles olharam as imagens e, na dúvida, vale a marcação do árbitro principal em campo.


Só a tecnologia usada na Copa ou na Inglaterra poderia dizer se foi gol ou não – Reprodução

Diante da explicação, a direção colorada entendeu as justificativas e não fará nenhum outro tipo de protesto. Basicamente, não tem muito o que fazer. Culpar o árbitro por um lance extremamente rápido é injusto e as imagens da tv não são conclusivas. Até porque o VAR só pode entrar se tiver certeza do lance.

Bom, uma informação importante é que eu entrevistei o João Patrício Hermann, vice do Inter, que estava em um dos camarotes do estádio do Palmeiras, e o depoimento dele é que, no estádio, a impressão foi que a bola não tinha entrado. Só depois, quando eles receberam as imagens da tv é que ficaram com a impressão que a bola entrou.

Até por isso, não há protestos por parte do Inter. Palavra do João Patrício:

“Já foi, já passamos por cima disso. Não entendemos que houve má fé da arbitragem.”.

A única tecnologia que daria certeza se a bola entrou precisa de sete câmeras em cada goleira – Reprodução

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque