Entre pro time

Grêmio

Quem eu aposto que irá ganhar o Gauchão de 2021

Publicado

em

Ricardo Duarte/Inter

Bola de cristal, ninguém tem, mas pelo menos pra mim, é quase certo que o Grêmio vai ser campeão Gaúcho neste domingo, na Arena.

Nem é só por ter conseguido o resultado na primeira partida, mas principalmente porque tem um time que tá mais pronto que o Inter e por mentalmente se mostrar muito mais forte que o rival.

Falo isso lembrando que o Tiago tem uma base de equipe montada, que seguramente é uma continuidade do que o Renato fazia, mas com alguns acréscimos interessantes como o ponta que não precisa voltar tanto pra defender aqui na defesa, a marcação alta pra roubar a bola no ataque e a não insistência com jogadores que não davam certo que antes existia.


Do outro lado, Miguel chega num clássico após a entrevista mais sincera desde que chegou aqui. Sim, se você não viu, o Espanhol disse na quinta, ainda no Paraguai, que o seu time precisa de tempo e de algumas derrotas para perder o medo de atuar na nova forma de jogar.

Confesso que nem acho isso errado. A direção prometeu desde o começo da campanha que iria mudar radicalmente as coisas, faria o time jogar com mais posse de bola. Eles estão colocando em prática. Se tem algo que ninguém pode reclamar é que o presidente não foi transparente. Ele foi sim. Muito. Tá cumprindo o que prometeu. Não temos como saber se vai dar certo, mas a ideia sempre foi essa, de mudar tudo e fazer jogar de outra maneira.

A questão é que essa mudança tem seus efeitos colaterais. E um deles é que provavelmente tu vais perder um Gauchão justamente por estar em meio a uma transformação. Na minha visão, se o preço a pagar for esse, tá bem pago. Só que é essa a realidade que os colorados terão que entender. É um sacrifício agora pra tentar ganhar lá na frente.

E esse é o termo. Tentar. Em 2015, o presidente Romildo não sabia se iria ganhar. Mas teve que mudar. E sabe por que Romildo mudou? Porque a única certeza que se tinha é que, como estava na época, não ia ganhar.

O mesmo vale pro Inter agora. Não tem como saber se o trabalho do presidente Alessandro e do Miguel vai ser vencedor. A única certeza é que, gastando como estavam e indo aos trancos e barrancos como estavam, não ganhou.

Por isso a mudança!

Inter tá mudando muito e trabalho tem apenas três meses de execução – Ricardo Duarte/Inter

Só que o Grêmio também tá em um processo de modificação. Agora, um processo bem menos profundo. Tiago Nunes chegou pra melhorar o que estava sendo feito. Ele tá é treinando mais, apostando mais na tática e menos na boleiragem e ainda ganhou um ótimo preparador físico de presente.

Ou seja, hoje, no final de maio de 2021, o projeto de futebol gremista tá muito na frente do colorado.

Insisto que isso não é uma critica ao Inter. É apenas olhar o momento de cada um. Seguramente, um profissional (de qualquer área) que está há anos no mercado, vai estar um estágio na frente do cara que saiu em janeiro da faculdade. Isso não é talento, é tempo. Romildo tá desde 2015, Alessandro assumiu de fato em março, quando começou a temporada 2021.

Portanto, qualquer um que vê a situação de fora iria projetar o Grêmio campeão. Esse é meu sentimento também. É isso que eu acredito que vá acontecer. Porém, bola de cristal ninguém tem. Só domingo, 18h pra saber.

Grêmio seguramente tá na frente pelo trabalho, a tendência é ganhar o Gre-Nal em casa – Lucas Uebel/Grêmio

Facebook Comments

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque