Entre pro time

Outros assuntos

Os fatos que fazem o Grêmio ter certeza que está sendo perseguido pela Conmebol

Publicado

em

Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio tem certeza que está sendo perseguido pela Conmebol. Tudo começou após o Tricolor montar um dossiê com os erros de arbitragem na final contra o Lanús e enviar para os patriconadores da Libertadores.

Só por isso, a Conmebol multou o Grêmio em quase R$ 400 mil. Depois, o clube foi novamente punido com uma multa de R$ 10 mil por não divulgar sua agenda antes da final da Recopa. Renato recebeu um advertência por ser acusado de ter atrasado o começo da partida da Argentina.

Agora, veio uma nova multa de 63 mil dólares (quase R$ 250 mil). E, pasmem, o motivo é porque a torcida gremista supostamente quebrou os banheiros do estádio do Lanús na final da Libertadores.


É claro que esse valor absurdo revoltou a diretoria gremista. Nestor Hein, diretor jurídico do Grêmio, disse pro GloboEsporte.com que esse banheiro só pode ter “privada se ouro, importadas da Arábia”. Disse até que era mais fácil contratar pedreiros aqui e mandar lá fazer estes reparos. Afinal, sairia mais barato.

É claro que uma multa absurda destas por banheiros quebrados faz o clube ter a certeza que está sofrendo retaliações por desafiar a entidade que comanda o futebol Sul-Americano.

Facebook Comments

Setorista da dupla Gre-Nal. Torcedor do Tottenham e do Real Madrid. Fã de futebol inglês.

13 comentários

13 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque