Entre pro time

Outros assuntos

A verdade sobre o VAR no jogo Inter x Bahia

Publicado

em


  • O mais importante a saber é que os árbitros usaram uma tecnologia que é até superior ao “tira teima” da Globo. É um software que faz as linhas, traça os pontos e mostra que o pé do zagueiro do Bahia está na frente do Lindoso. Seja no pé do Rodrigo Lindoso, que tá bem atrás, e do corpo dele.
  • Ou seja, não foram os caras que ficaram tirando no olho. É uma tecnologia testada e aprovada pela FIFA.
  • A prova que a perspectiva é complicada, é que quando a gente olha a imagem da TV, imagina que foi muito impedimento. Depois que vê essa outra imagem já tem, no mínimo, outra visão. Você até pode pensar que foi impedimento, mas a imagem da cabine do VAR já mostra os caras bem mais próximos.
  • Sempre lembrando que o que conta são os pés, tronco e cabeça. As mãos e braços não valem pro impedimento porque não dá pra fazer gol com eles.
  • As imagens usadas pelo VAR vem da transmissão oficial da Globo. Na Copa, a FIFA pretende colocar câmeras posicionadas na linha do impedimento para ter uma visão melhor. Mas até por isso que se usa essa tecnologia.
  • O árbitro não foi para a cabine na beira do gramado porque esse não é um lance de interpretação. É um fato. Ou está impedido ou não está. Não precisa dele.
  • As imagens e o áudio das conversas não são liberados por uma ordem da FIFA. Pela CBF, eles liberariam.
  • O Gaciba só pôde divulgar as imagens agora porque existe uma liberação da FIFA para divulgar imagens quando se coloca a credibilidade da tecnologia em cheque. Diante disso, acontece a liberação.
  • Por fim, o dado mais importante de todos. Antes, os árbitros brasileiros tinham média de 70% de acerto nos lances capitais. Com o VAR, este dado subiu para 93%.

Aqui tem todas as informações do VAR:

Facebook Comments

31 comentários

31 Comments

Comenta ai o que achou

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Destaque